Blog


Home Blog Melhores práticas para moagem de materiais abrasivos e duros
areia 1

Melhores práticas para moagem de materiais abrasivos e duros

Na era da inovação e constante otimização de processos, as empresas continuam buscando soluções econômicas e objetivas para as etapas do ciclo produtivo. Algumas delas exigem mais capacitação técnica que outras e, assim, é preciso entender quais caminhos devem ser tomados para obter excelente resultado, tudo isso pensando em custo x benefício e na entrega adequada ao cliente.


Na moagem de materiais duros como metais de terras raras ou grafite que, em certas condições, até se tornam abrasivos, não é diferente. Bom entendimento e a busca de profissionais experientes nesse processo evitará desperdício de energia, tempo e esforço, além de fazer com que a empresa vença seus principais desafios, como desperdício de matéria-prima e alto consumo de energia.



Dicas para materiais abrasivos e duros


A boa notícia é que, ao longo do tempo, as práticas para esse tipo de trabalho foram aprimoradas e hoje utiliza-se de alta tecnologia. Por isso, é importante pensar no equipamento: se vale a pena realizar o processo internamente, investindo nos modelos necessários ou se é mais interessante terceirizar esse serviço. Nesse ponto, não preocupar-se com a preservação do equipamento e com o seu desgaste, seria um alívio, pensando a longo prazo.


Questões mais técnicas que envolvem a moagem também poderiam ser solucionadas com a ajuda e conhecimento do parceiro, como por exemplo, a garantia da redução do material na especificação correta e nos padrões exigidos pelo mercado, sem preocupar-se com este item também.


A mão-de-obra também é um ponto de atenção, já que precisa ser altamente qualificada para esse tipo de processo, e nossa dica está no entendimento técnico e avançado das variáveis do seu material. A redução dos mesmos requer bons especialistas para indicarem o melhor equipamento e melhores práticas para o processo.


Neste artigo, comentamos os benefícios de terceirizar parte do seu processo de produção e esclarecemos como empresas podem vencer seus principais desafios com a terceirização.


Como evitar riscos


Entendemos que, nessas condições (abrasividade e dureza), os materiais podem oferecer alguns riscos para a empresa. Todavia, contando com a expertise de uma empresa como a SAPS, é possível tomar algumas medidas personalizadas e padronizadas para obter o melhor resultado em sua moagem.


Neste caso, o parceiro assume as melhores e mais seguras práticas para a moagem dos materiais abrasivos e duros com equipamentos são herméticos, seguros e confiáveis para esse trabalho. Além disso, sua empresa irá contar com especialistas que sabem sobre o seu material e orientam adequadamente todos os passos para que obtenha as melhores vantagens da terceirização.