Blog


Home Blog Agroquímicos biológicos: eficiência e sustentabilidade em um só agente

Agroquímicos biológicos: eficiência e sustentabilidade em um só agente

saps

Por ser menos agressivo ao ambiente sem perder eficiência, os agroquímicos biológicos são uma opção comum na agricultura. Saiba como processá-los da melhor forma!

Atualmente, a preocupação com preservação do ambiente faz parte de todos os segmentos econômicos, incluindo o agronegócio. Por isso, a utilização de agentes agroquímicos de natureza biológica é uma opção muito popular, tanto por sua eficiência no fortalecimento das culturas na lavoura quanto por seu baixo impacto ambiental. Contudo, por se tratar de um organismo vivo, seu processamento requer certas técnicas e cuidados.

Um dos pontos fundamentais é realizar o processamento do material (por exemplo, arroz com fungos) em condições de manutenção de temperatura controlada para não correr o risco de desnaturar o composto e matar o agente biológico. Outro aspecto fundamental é o controle da granulometria, que deve ser consistente e manter a mistura fina para evitar entupimentos nos bicos de distribuição na plantação. Neste caso, a recomendação é o uso de moinhos classificadores, que garantem este nível de especificidade e, portanto, a qualidade do produto entregue.

Além das questões relacionadas à moagem em si deste tipo de agente, é importante analisar itens como a limpeza e a manutenção dos dutos do sistema. Em plantas onde é feito o processamento de agroquímicos biológicos existe o risco aumentado de contaminação cruzada, mesmo quando há a limpeza padrão dos dutos e tubulações. Assim, é importante adotar medidas de esterilização, com uso de vapor e práticas específicas para garantir a segurança dos outros elementos que passam por ali, a qual pode, inclusive, ser verificada por empresas externas, se necessário.

Contando com o especialista certo

Muitas empresas optam pela terceirização na hora de processar agroquímicos, incluindo os biológicos. Nestes casos, é importante saber exatamente os recursos que o fornecedor tem à disposição, justamente para garantir que os pontos levantados anteriormente sejam respeitados e as especificidades do material sejam atingidas. No caso da SAPS, além da adoção de boas práticas para este tipo de produto e dos moinhos ideais para o serviço, ainda há o apoio de um laboratório de análises.

Com ele, o cliente tem a garantia de receber um produto comprovadamente eficaz e certificado, tanto em termos de granulometria quando em teor biológico, assegurando que sua aplicação na agricultura atenda às expectativas do produtor. Assim, o cliente SAPS sabe que, além da agilidade no processamento e custos claros e controlados, ele pode contar com um produto confiável no mercado, satisfazendo seus próprios clientes e preservando sua marca.

guia-como-reduzir-gastos-com-outsourcing