Blog


Home Blog Case SAPS: Recuperação de resíduos industriais

Case SAPS: Recuperação de resíduos industriais

MICRONIZAÇÃO Z1

O que acontece quando unimos o melhor em manuseio de sólidos com sistemas líderes em moagem e micronização? Resultados notáveis para diversas empresas. Veja como a SAPS contribuiu de forma decisiva para o setor industrial- e como ela pode fazer o mesmo por você.

 

  • Situação

Com uma visão inovadora, a empresa surgiu com a ideia de recuperar resíduos do processo da fabricação de celulose - que normalmente são descartados em aterros - e utilizá-los nos processos de produção da borracha. Após diversos testes de laboratórios com pequenas quantidades, foi constatado grande potencial de mercado, além de trazer um aspecto interessante do ponto de vista de sustentabilidade e reaproveitamento de insumos.

Contudo, eles precisavam trabalhar com amostras substancialmente maiores para demonstrar aplicabilidade em grande escala para seus clientes, constituindo um grande desafio, já que eles não dispunham da estrutura para processamento dos volumes desejados. Eles precisavam encontrar um equilíbrio entre eficiência operacional e custos, evitando o CAPEX naquele momento, e a SAPS foi a solução encontrada.

  • Solução

A obtenção do produto final exigia algumas etapas fundamentais: secagem, peneiramento e micronização. Isso já adicionava uma certa complexidade ao processo, mas ainda havia um detalhe: a empresa, sendo uma start-up, não dispunha de espaço físico para estocagem do produto já processado. Por isso, além de contar com a expertise técnica da SAPS para cumprir todas as etapas de preparação, o cliente também requisitou apoio com estocagem do produto, afinando ainda mais esta parceria logo de início.

Os testes foram um sucesso completo: além de atingir as especificações necessárias, a flexibilidade do serviços da SAPS permitiu testes e experiências que ajudaram a mensurar o desempenho e a aplicabilidade do produto. Foram avaliadas diferentes granulometrias e outras propriedades, para que o produto pudesse reunir as melhores características possíveis, tudo sem gasto com infraestrutura por parte do cliente.

 

O que concluímos:

Com o sucesso nos testes, a empresa pode oferecer ao mercado um produto sólido, confiável e relevante, o qual é utilizado por algumas empresas do setor de borracha, com perspectivas de instalação de uma planta para o processamento de grande escala desse resíduo. A própria indústria de celulose, onde o resíduo é gerado, possui grande interesse neste projeto, pois sua transformação em um produto tem um apelo favorável em relação à sustentabilidade, já que reduz a emissão de resíduos no ambiente.

guia-como-reduzir-gastos-com-outsourcing